Sobre textos e pensamentos religiosos

Caros leitores e seguidores do meu blog,

Em relação aos meus pensamentos e textos religiosos, quero que saibam que não estou impondo como verdade absoluta aquilo que sinto e acredito como correto. Cada pessoa tem sua experiência e seu sentimento com Deus.

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Sensualismo e sensibilidade

Aproximar-se da sedução desvia o curso natural das coisas. É vista e revisada a pele do seu corpo e o desejo atinge a coragem de fantasiar e possuir. Visto o pedaço do teu ser material, existe então atração, existe você, única multidão...
o que povoa pensamentos, o que desfaz as cicatrizes de doridos momentos.
E qualquer que seja o movimento, a mente reconhece seu potencial de se entregar, agradar e se agarrar na volúpia. E feito imã, atrito e atração física.
Não mais que remover-se aos aposentos e criar com intuito de um casar-se com três poderes: olhar, seduzir e apaixonar.
Somente o momento, sentimento padrão da hora e pouco sentido...
não mais que jogar e ganhar prêmio que lhe satisfaça num remendo decorado, num vazio recordado depois de uma carência. Vem e ameaça, explode e mata, com ou sem rancor.
Se não enxergar simples sedução ou não deixar-se seduzir, é puro o disfarce, é sério e tentador descobrir e descobrir-se amando, amado, sob roupas e escudos, sob capas e arbustos na transparência com que são vistas e revisadas pessoas com olhos cândidos que enxergam além da pele e da libido.
Ao ser visto o teu ser espiritual, o gosto da conquista de amar a quem precisa, nasce de formas abstratas concedidas a quem percebe o interior de tudo o que é singelo, belo, atraente; e ao final, deseja-se a simples presença bem mais que a concupiscência.


1995

3 comentários:

Liliana Seven disse...

“O Amor, sublime impulso de Deus, é a energia que move os mundos: Tudo cria, tudo transforma, tudo eleva. Palpita em todas as criaturas. Alimenta todas as ações.”

Francisco Cândido Xavier

Akyryah de Souza disse...

A criação plena e essencial da vida, siplificada na maior das forças criadas esta descrita bela e incrivelmente nas suas palavras.

Parabéns. Visite meu blog. Até mais.

Tânia Mara disse...

Um dos mais belos textos que já li sobre essência, sensibilidade, corpo e alma, e muito mais.

Estou passeando por seu blog e a cada poema, em cada texto, uma nova sensação, o nome é perfeito, sensíveis sentidos, um abraço, já está entre meus preferidos....