Sobre textos e pensamentos religiosos

Caros leitores e seguidores do meu blog,

Em relação aos meus pensamentos e textos religiosos, quero que saibam que não estou impondo como verdade absoluta aquilo que sinto e acredito como correto. Cada pessoa tem sua experiência e seu sentimento com Deus.

domingo, 29 de abril de 2012

O Convite


Não me importa o que você faz para sobreviver.  Quero saber qual a sua dor e se você tem coragem de  encontrar o que o seu coração anseia.
Não me importa saber a sua idade. Quero saber se você se arriscaria parecer com um louco por amor, pelos seus sonhos, pela aventura de estar vivo.
Não me importa saber quais planetas estão quadrando sua lua. Quero saber se você tocou o âmago de sua tristeza, se as traições da vida lhe ensinaram, ou se omitiu por medo de sofrer. Quero saber se você consegue sentar-se com as dores, minhas ou suas, sem se mexer para escondê-las, diluí-las ou fixá-las.  Quero saber se você pode conviver com alegria, se pode dançar com selvageria  e deixar o êxtase preenchê-lo até o limite sem lembrar de suas limitações de ser humano.
Não me importa se a estória que você me conta é verdadeira. Quero saber se você é capaz de desapontar o outro para ser verdadeiro para si mesmo,  se pode suportar a acusação da traição e não trair sua própria alma. Quero saber se você pode ser fiel e conseqüentemente fidedigno.
Quero saber se você pode enxergar a beleza mesmo que não sejam bonitos todos os dias, e se pode perceber na sua vida a presença de Deus. Quero saber se você pode viver com as falhas, suas e minhas, e ainda estar de pé na beira do lago e gritar para o prateado da lua cheia...  "Sim"!
Não me importa saber onde você mora ou quanto dinheiro tem. Quero saber se você pode levantar depois de uma noite de pesar e desespero, exausto, e fazer o que tem de fazer para as crianças.
Não me importa saber quem você é, ou como veio parar aqui. Quero saber se você estará ao meu lado no centro do fogo sem recuar. 
Não me importa saber onde, o que, ou com quem você estudou. Quero saber o que sustenta o seu interior quando todo o resto desaba. Quero saber se você pode estar só consigo mesmo e se verdadeiramente gosta da companhia que carrega em seus momentos vazios.
Feliz caminhada a todos! Desejo que encontrem a coragem e sabedoria para serem verdadeiros consigo mesmo."

 Oriah Mountain Dreamer - Uma Anciã Nativa Americana

Ele é o Senhor do tempo


Presente de Deus



"De todos os presentes da natureza para a raça humana, o que é mais doce para o homem do que as crianças?" 


Ernest Hemingway

Pouca vergonha


sábado, 28 de abril de 2012

Tudo passa, e vai passar...



"A dor do parto. A cólica do neném. O mau-humor do adolescente. A época da chuva. O cansaço. A fama. Essa lua cheia. O próximo eclipse. O estado de paixão. A falta de paciência. A saudade. A tarefa chata. A melhor parte do livro. O gosto do beijo. O problema insolúvel. A tendência da moda. O medo da separação. O tempo de espera. O estranhamento com o novo. A vaidade com o prêmio. A falta de dinheiro. O frio na barriga. A causa da briga. O viço da pele. A crise de depressão. A graça da piada. O luto. O tesão. O tempo de escola. O período de provas. A bronca do chefe. Os preparativos para a viagem. A festa tão programada. A ressaca. O motivo da comemoração. A mágoa. O sono. A TPM. A moda de blogs, fotologs e afins. O dia de hoje. Todas as vidas e até a uva.”

Perfeito, só Deus!


Deus é o motivo pra continuar


Decepção


sexta-feira, 27 de abril de 2012

Acooorda!





Dedico esta postagem aos fundamentalistas de plantão, que menosprezam a fé dos outros, que julgam como seita a doutrina de Cristo, que tentam pregar para os que já conhecem e pertencem à Graça de Deus, comparando-os com as pessoas que ainda não foram evangelizadas, simplesmente porque a pessoa não é da mesma igreja que eles, e que acreditam que essas não têm salvação, estão perdidas e por isso não merecem respeito.
Quanto tempo perdido julgando, criticando, alfinetando, desrespeitando a fé alheia, a doutrina de Jesus Cristo! Quanto tempo perdido discutindo e debatendo religião! E o mundo lá fora, desamparado, precisando da paz que o Evangelho de Cristo transmite e que já se encontra dentro do coração daquele que já fez o concerto com Deus.
Os tempos são maus e difíceis e existem milhares de almas sedentas pelo Pão da Vida (a Palavra de Deus), sedentas por uma palavra de conforto e esperança.
Não se pode perder mais tempo! Leiam mais a bíblia e sigam o que está escrito nela! Ide pregar o Evangelho aos necessitados! Porque Cristo veio para os doentes, não para os sãos. Se é que me entendem!

Luz própria...


Tu és jovem!



Tu és jovem.
Atender a quem te chama é belo,
lutar por quem te rejeita
é quase chegar à perfeição.
A juventude precisa de sonhos
e se nutrir de lembranças,
assim como o leito dos rios
precisa da água que rola
e o coração necessita de afeto.

Charles Chaplin 

De onde vem o meu socorro?


A lágrima e o sorriso


quinta-feira, 26 de abril de 2012

Comida...


Amigo aprendiz



Quero ser teu amigo.
Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder. 
Mas amar-te como próximo, sem medida, e ficar sempre em tua vida da maneira mais discreta que eu souber sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar, sem forçar a tua vontade, sem falar quando for a hora de calar e sem calar quando for a hora de falar.
Nem ausente nem presente por demais,
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso, é tão difícil aprender! 
Por isso, eu te peço paciência. 
Vou encher este teu rosto de alegrias, lembranças. 
Dê-me tempo de acertar nossas distâncias.

Fernando Pessoa

E sigamos aprendendo


Não sei tocar a vida sem paixão



Se busco um novo tom de voz, os ventos celebram os acordes, mas a mão do verso não aceita os pensamentos e espalha as folhas secas da estação.
Penas de solidão...

A passos lentos o outono segue os trilhos da ilusão, e a estrela da saudade traz momentos de angústias e incertezas.
A explosão da música provoca alagamentos no peito sem guitarra e violão.
Oh, pássaros de grasnos agourentos! Que fazeis sobre as claves da emoção?
Deixai que eu sinta a dor dos instrumentos, não sei tocar a vida sem paixão! 


Nathan de Castro


quarta-feira, 25 de abril de 2012

Aprendam, homens!


A bíblia é a bússola do cristão


O amor, segundo Francisco Xavier


O amor, sublime impulso de Deus, é a energia que move os mundos: tudo cria, tudo transforma, tudo eleva. Palpita em todas as criaturas. Alimenta todas as ações.
O ódio é o amor que se envenena. A paixão é o amor que se incendeia. O egoísmo é o amor que se concentra em si mesmo. O ciúme é o amor que se dilacera. A revolta é o amor que se transvia. O orgulho é o amor que enlouquece. A discórdia é o amor que divide. A vaidade é o amor que ilude. A avareza é o amor que se encarcera. O vício é o amor que se embrutece. A crueldade é o amor que tiraniza. O fanatismo é o amor que petrifica. A fraternidade é o amor que se expande. A bondade é o amor que se desenvolve. O carinho é o amor que se enflora. A dedicação é o amor que se estende. O trabalho digno é o amor que aprimora. A experiência é o amor que amadurece. A renúncia é o amor que se ilumina. O sacrifício é o amor que se santifica.
O amor é o clima do universo. É a religião da vida, a base do estímulo e a força da criação. Ao seu influxo, as vidas se agrupam, sublimando-se para a imortalidade. Nesse ou naquele recanto isolado, quando se lhe retire a influência, reina sempre o caos. Com ele, tudo se aclara. Longe dele, a sombra se coagula e prevalece.
Em suma, o bem é o amor que se desdobra, em busca da perfeição no infinito, segundo os propósitos divinos; e o mal é, simplesmente, o amor fora da lei.

Francisco Cândido Xavier

Deixa...


terça-feira, 24 de abril de 2012

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Ele tem misericórdia

Ah, coração...

“A gente não erra em amar uma pessoa, a gente erra em esperar que ela nos ame da mesma maneira.”

Poucas fazem diferença

3 - Ter fé

"Ter fé é guiar nossa vida não com os olhos, mas sim com o coração. A razão necessita de muitas evidências para arriscar-se, o coração necessita só de um raio de esperança. As coisas mais belas e grandes que a vida nos dá não se podem ver, nem sequer tocar, só se pode acariciar com o espírito."

sábado, 21 de abril de 2012

Dica de dieta

Socorro presente na angústia

2 - Ter fé

“Ter fé é dar quando não temos, quando nós mesmos necessitamos. A fé sempre encontra algo valioso onde aparentemente não existe; pode fazer que brilhe o tesouro da generosidade em meio à pobreza e ao desamparo, enchendo de gratidão ao que recebe e ao que dá.”

Real adoração

"A verdadeira adoração acontece quando seu espírito responde a Deus, e não a alguma melodia musical"


Rick Warren

sexta-feira, 20 de abril de 2012

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Paul Washer

Refletindo...

Exaltado seja o Senhor dos Exércitos!

Dizem que Deus não fez o homem pra jogá-lo no inferno. Que Deus fez a humanidade pra levá-la para o céu. Mas se o homem escolher a perdição vai pro inferno sim!

Existem os que Ele usa como instrumento para atrair aqueles que são Seus, porém esses mesmos não permanecem e escolhem o caminho do mal. Veja o que diz a Palavra:

O Senhor fez todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios, até o ímpio para o dia do mal. (Provérbios 16:4)

O Espírito Santo que consola!

1 - Ter fé

“Ter fé é aceitar os desígnios de Deus ainda que não os entendamos, ainda que não nos agrade. Se tivéssemos a capacidade de ver o fim desde o princípio tal como Ele vê, então poderíamos compreender por que às vezes nossa vida é conduzida por caminhos estranhos e contrários a nossa razão e aos nossos desejos.”

Eu creio... tu crês?

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Amizade

Os amigos...



São tão amigos, que voltam.
São tão fraternos, que se unem.
São tão simples, que cativam.
São tão desprendidos, que doam.
São tão dignos, que amam, compreendem e perdoam.


São tão necessários, que sempre se fazem presentes.
São tão grandes, que se distinguem.
São tão dedicados, que edificam.
São tão preciosos, que se conservam.
São tão irmãos, que partilham.
São tão sábios, que ouvem, iluminam e calam.



Os amigos...
São tão raros, que se consagram.
São tão frágeis, que fortalecem.
São tão importantes, que não se esquecem.
São tão fortes, que protegem.
São tão presentes, que participam.
São tão sagrados, que se perenizam.
São tão santos, que rezam.
São tão solidários, que esquecem de si mesmos.
São tão felizes, que fazem a festa.

São tão responsáveis, que vivem na verdade.
São tão livres, que crêem.
São tão fiéis, que esperam.
São tão unidos, que prosperam.
São tão amigos, que doam a vida.